Dancing Histor(y)ies – 1 Ano de Histórias!

+

Há um ano, começou o nosso fantástico projeto!

Foram meses intensos, cheios de actividades, estudos, pesquisas e reuniões, e os nossos parceiros artísticos já realizaram os primeiros workshops em preparação dos Festivais de 2024.

O Modelo DH está desenhado!
O “Modelo de valorização de sítios arqueológicos através da dança e das artes performativas” baseia-se nos princípios da colaboração, do envolvimento da comunidade e de um respeito inabalável pelos sítios históricos. Ao incorporar as melhores práticas, a experiência e o conhecimento coletivo, procura assegurar a proteção, a celebração e a continuidade do nosso património cultural para as gerações vindouras. É um modelo para a criação de festivais que ressoam com as suas comunidades e enriquecem o legado da sua história.Os nossos Parceiros Técnicos trabalharam com outros parceiros, partes interessadas e comunidades e recolheram mais de 200 questionários de 11 países e 60 boas práticas sobre as relações entre os cidadãos e as atividades culturais, as necessidades locais, a valorização do património cultural e o envolvimento da comunidade.Como resultado, concluiu-se que um modelo eficaz para a valorização dos sítios patrimoniais através das artes performativas, do envolvimento da comunidade e do desenvolvimento territorial deve ser constituído por 10 componentes:
Principais atividades:
– Descobrir (e respeitar) o sítio – (Encontrar o) Facilitador – Produção artística – Envolvimento local – Desenvolvimento territorial – Canais de comunicação
Actividades Transversais:
– Igualdade de género – Acessibilidade – Sustentabilidade ambiental – Inclusão social – + Continuidade (Keep it alive)
No final do projeto, as boas práticas detetadas, a metodologia concebida e os resultados alcançados tornar-se-ão um conhecimento partilhado e comum, disponível para posterior utilização e implementação a nível europeu.

Passámos à fase da Implementação!

Chegou o momento de testar as nossas estratégias de implementação!

Os Parceiros Institucionais, que gerem os sítios patrimoniais, e as partes interessadas participaram num processo de co-design, adaptando o modelo às necessidades locais. Trabalharam em conjunto durante mais de um mês para apresentar o modelo aos territórios e envolver as comunidades. Para cada sítio patrimonial selecionado, os Parceiros Institucionais e Técnicos criaram um plano preciso relativo à produção artística, ao envolvimento da comunidade, ao marketing territorial e ao desenvolvimento. A estratégia de implementação está a ser testada em diversos workshops!

Consulte o site do projeto para se manter atualizado com todas as novidades e próximos Festivais de 2024: https://dancinghistoryies.org/

PRÓXIMAS ETAPAS

Os Festivais!

  • Ostia Antica – 24 de Maio
  • Viminacium – 24 a 26 de Junho
  • Mérida – 5 a 7 de Julho
  • Tharros – 12 a 14 Julho
  • Volos – 6 a 9 de Setembro